Pratos no papel

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Se já é lindo ter pratos na parede, imagine ter um papel de parede de pratos na parede??
Entendeu ne? 




***Vovó até agora não entendeu o texto, os pratos e ainda perguntou "Mas que papel?".


Aaah, obrigada a todas as meninas que deram dicas onde lá naquele outro post, de onde achar pratos bonitos e baratos. Tenkiú!!



Read more...

10 Blogs de Decoração para visitar

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Não gosto de listar as coisas, mas deveria, isso me tornaria uma pessoa mais organizada. (nota mental) . Mas vamos ao post que isso não nada tem a ver com o que quero mostrar pra vocês hoje

Listei (estou orgulhosa de mim mesma) 10 blogs lindos: Blogs de decoração e afins, blogs de inspiraração, blogs que visito quase que diariamente!  Todos espalhados pelo mundo (depois faço uma lista dos nacionais), com muitas imagens lindas e assuntos interessantes.Claro que tem muitoooo mais, irei indicando pra vocês em pequenas doses,rs.

Conheçam (pra quem ainda não conhece) , explorem, leiam,  e voltem pra mim...P-e-l-o a-m-o-r-d-e-D-e-u-s.

Making it Love



 
Bloesem



JuBella



 Centsational Girl




Hello Lola



House of  Turquoise



Little Green Notebook




Decor8



Made By Girl



Saídos da Concha




Read more...

Bandô de Patch

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Vocês já devem ter visto que o patchwork virou tendência e invandiu as móveis, os objetos decorativos e  e as paredes. Já vi por aí muitas matérias sobre o assunto e até relutei em falar aqui no blog pra não deixar o tema muito repetitivo.

Mas hoje me rendi, não teve jeito. Olha essa janela que coisa mais meiga com esse bandô:

 

Imagina isso na janela da cozinha com uns tecidos temáticos?! Ooown... 


Imagem: Flickr

Read more...

Quebra os ovos e vem...

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Genteeee, já tem ovos de páscoa em tudo que é lugar, meoooodeoz!!! Já chegou a hora dos bentidos estarem a poucos centímetros acima da nossa cabeça, nos corredores de supermercados e lojas...infernizando nossa dieta e escrachando com a nossa pele adolescente. #espinhas #agentecomemesmoassim

Mas deixando de lado a parte comestível da páscoa, o que sobra além do bacalhau e do chocolate? 

A decoraçãoooooo!!! Não temos muito o costume de decorar a casa pra páscoa, assim como fazemos no natal, mas um charme aqui outro ali não faz mal a ninguém, principalmente se você planeja um almoço com a família ou amigos.

Andando pelo site da provedora mor de posts em blogs de todo o mundo, achei essas coisinhas pra gente fazer uma graça daqui a uns 40 dias...



 

 


 Não sabe como tingir ovos? Moleza: 

Misture em um recipiente:1 colher de chá de vinagre branco, 20 gotas de corante alimentar e 1 xícara de água quente.Depois mergulhe o ovo dentro da mistura (você vai precisar ficar afundando o cidadão, pra ele não boiar) e deixe de 5 a 10 minutos dependendo da tonalidade que você quiser.Retire com uma pinça e deixe-o suspenso até secar para não machar. O resto é com vocês...florzinhas miúdas, cera quente ou aquele "matinho" do seu jardim.Beijos.


***Vovó olhou o post e disse "A galinha não tem nada a ver com isso". 
Minha cara no chão.

Read more...

Nas prateleiras do supermercado - Café da manhã

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Acho que quase todo mundo já sabe que juntei meus trapos com marido numa loucura adolescente há três anos atrás ne? Daí que não tive casamento, não tive enxoval, não tive chá de panela nem muito menos chegaram presentes aqui em casa. Como a gente assumiu muitas despesas de uma hora pra outra (veja o que a paixão não faz), não tínhamos como comprar coisas caras e tudo de uma vez só.
Meus utensílios de cozinha são todos comprados em supermercados e quando falo "todos", são todos mesmo. Quase sempre quando vou ao Extra, Carrefour, Wall Mart e outros desses maiores, trago meia dúzia de coisas.

Ontem foi um dia desses, que resultou nessa mesinha de café da manhã, com pão de milho e café quentinho...




Tudo aí foi comprado com pouquinho dinheiro,olha só...
(Minha câmera ta quase falindo, então a qualidade da foto não tá muito boa. E sim, a toalha da mesa tá toda amassada, deuzulivre passar isso em pleno domingo de manhã neah?)


Leiteira, que também  uso pra suco ou café (só pra fazer um charme) e açucareiro. Achei no Extra:



Jogo de talheres do Wall Mart. A Flavinha do Decoracasa achou e meio mundo de gente (como fala vovó) endoidou o cabeção, fui uma delas...Comprei também (#invejosadobem):




Jogo Americano de xícaras, corações e cupcakes (elementos que fazem uma pessoa ser fofa por natureza, cof, cof) . No Wall Mart:




Aparelho de jantar, no Carrefour:




E a caneca azul com o moranguinho, faz parte daquelas que comprei lá no Saara por R$5,00 e mostrei aqui.

Topam um cafezinho da manhã aqui em casa no próximo domingo??

Read more...

A Vó visita... "A casa da Eva"

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

O que mais me faz feliz em ter um blog são as amizades que eu já fiz e faço diariamente. Só  pessoas gentis e queridas. Por isso, posso ter o luxo de também ir visitá-las um dia ou outro e isso é muito bom. Me fale se tem preço, uma pessoa confiar em você a ponto de abrir as portas da sua própria casa e deixar que você tire os sapatos, deite no sofá, como um pedaço de bolo e ainda bata um papo super legal em um final de tarde?? 
É assim que eu me sinto quando essas minhas amigas e leitoras atendem aos meus pedidos com todo carinho do mundo.

Eva querida, obrigada por nos mostrar a decoração lindíssima da sua casa, tenho certeza que vai inspirar muita gente, da mesma forma que me inspira aqui...



Por Eva
Bom falar da minha casa é falar de mim literalmente, a forma como interajo com ela fala dos meus anseios, dos meus medos, das minha alegrias e das minhas tristezas. Fala do meu tempo, fala de mim. 
O interessante (ou não) é que a maioria das pessoas “mexe” na casa pra se sentir bem depois, pra trazer mais conforto, mais personalidade ou aconchego, eu também quando faço procuro estes resultados, mas não são eles que me motivam. O que me motiva é o ato em si, é sair da mesmice e mudar o visual da casa eu mesma.
E pra comprovar se ficou como eu queria só depois da foto. É na foto que eu enxergo se o que eu queria era aquele resultado, se a foto não ficar boa eu mudo e mexo até ficar. E funciona! Sempre que eu acho que algo não encaixa como eu quero é a foto que me dá as respostas, muitas vezes trabalho a foto no computador para experimentar como ficaria o resultado.
Outra coisa que é bom deixar claro é que a menos que você vá à minha casa mais de uma vez a cada 15 dias ou que eu esteja completamente sem tempo, sempre terá algo diferente, seja na ocupação dos espaços, na localização dos móveis ou na cor das paredes, alguma coisa com certeza estará diferente.
Acho que isso se deve a minha natura inquieta, o estático me irrita. Gosto do dinâmico. Então móveis e coisas sempre no mesmo lugar me irritam, me irritam de verdade, me deixam incomodada, enquanto eu não mudar não sossego.
Bom e aí reside um problema: Até o presente momento eu sempre morei em casa alugada e sempre quis ter uma casa colorida, sempre achava liiiiiiinda as fotos de casas com cor e sonhava. Fui perdendo o medo e colocando uma corzinha aqui e outra ali, timidamente, numa parede que depois fosse fácil de pintar por cima. Até que mudei pra uma casinha pequeninha mas pra mim deliciosa no Poço da Panela (um bairrozinho charmoso e tranquilo de Recife, que mais parece uma cidade de interior). E uma historinha de amor pela casa começou. Ficamos esperando ela desocupar por 3 meses, mas sem saber ao certo quanto seria esse tempo, depois de desocupada, vimos que a casa estava muito destruída e tivemos que partir pra reforma (mesmo sendo alugada, resolvemos investir na nossa qualidade de vida), conversamos com a proprietária, vimos daqui e dalí o que dava pra ser feito e então um laço foi se formando, a casa não era minha mas eu me sentia pertencente a ela. Sem perceber eu tinha a minha casa colorida, e me sinto a vontade pra mexer e mudar o que eu quiser (quase tudo – não posso quebrar os janelões do meu quarto e transformar em portas para o quintal)! 
E hoje eu tenho minha casa colorida, ela não é perfeita, até porque com tanto muda muda sempre tem algo que parece estar “sobrando”, mas a casa é o meu espaço e se nela me sinto bem é o que importa. Ela não tem móveis planejados, muito menos projetos de decoração e etc. e tal. Mas eu a amo e adotei uma frase que vi no filme “os meus os seus os nossos”: casa é um lugar para livre expressão e não para passar boa impressão.

Falou e disse Evinha, me identifiquei muito com tudo que você escreveu e sou total a favor de toda essa ideia da nossa casa ser o nosso mundo, livre e marcado pelo que somos. 
Agora tenho que fazer meus "coments", porque eu não seguro a boca... e os dedos:

Hall de Entrada
 Já comecei babando, hahaha, que móvel é esse? E a ideia da moldura interagindo com o adesivo??
 Sala 
Super aconchegante e colorida, do jeito que a gente gosta,rs. A pintura na parede ficou linda, feita pela própria dona da casa (ela não é fraca não), a gaiolinha pendurada deu um toque todo cut, a disposição dos quadros "unindo" o canto das paredes, as almofadas de diversas estampas...




 

Cozinha

As prateleiras super multi-uso, prestem atenção: Além de guardar os cereais e condimentos, elas possuem duas hastes cada. Nas superiores, a Evinha colocou o papel alumínio e o papel filme, nas inferiores, ganchinhos para pendurar panelas, escumadeiras, colheres e afins. Show!

 

 

Área Comum/ Escritório

Que janelão é esse Brasiiil?? Tuuuudo!!!
Aqui em casa também fiz somente uma faixa na parede, ao invés de pintá-la completamente, fica super legal, sem contar, que esse azul tá um poder ne?

 

Detalhes
  

 


Quarto do Casal

Não é todo mundo nessa vida que tem uma cabeceira de tecido de poá, a Evinha tem e feita por ela mesmo. E taí duas opções legais para o criado mudo: banquinho e nicho...

 




Quarto da filhota

E o quarto da Isa é lindo de viver e dispensa qualquer outro comentário ne?



 
Blog da Eva: Olhar Dentro, Ver fora.

Alguem aí querendo nos chamar para uma visita?  Manda email com o convite, iremos amar! acasaqueaminhavoqueria@gmail.com



Read more...

Cozinha intelectual

Tenho um único livro de receitas, àquele grandão da Dona Benta , com trocentas mil opções de pratos de tudo quanto é tipo e qualidade. Comprei numa época em que eu acreditava ter nascido para as panelas assim como as panelas teriam sido inventadas para o meu desenvolvimento profissional e artístico com as comidas. Depois de constatar que tudo não passava de ilusão, peguei meu bloquinho onde tenho anotado uma relação de atividades que sou um fracasso e marquei mais um "X ".

O livro ficou jogado dentro do meu rack (pobreza é ter um rack viu?), assim como a minha vontade de seguir essa vida cozinhando, e isso me aflige, porque o livro é bonito, tem receitas boas e é de uma velhinha simpática . Diversas vezes já pensei em colocá-lo em um lugar visível aos meus olhos, sabe como é né...tentar me animar com algum bolo diferente que não seja o de milho que ninguém mais aguenta, mas não encontro um lugar de respeito para a minha bíblia culinária.

E seguindo nas minhas andanças de pesquisas por esse mundo que não me deixa dormir na hora certa (o mundo virtual), encontrei umas cozinhas bem dignas, que reservam em sua decoração um lugar tranquilo e aconchegante para os exemplares, olha só:

Uma prateleira do armário só pra eles:



Nesse caso, palmas pra essa decoração, de cabo a rabo ne? O armário com portas de vidros (super importante para não engordurar os livros), o móvel logo abaixo, que além da sua principal função ainda ajudar a apoiar a receita na hora da leitura, e esse painel feito com rolos de massa, super originais. Abalou o bangú!


Tudo bem que eu tenho um livro só, mas vai que algum chef de cozinha passa por aqui e curte a ideia ( Né Tamy?). É uma biblioteca-cozinha ou uma cozinha-biblioteca?? Chique.


E tem opção mais comum? Not.


Dá até pra investir em um escritório completo. O perigo é não parar de comer o dia inteiro,rs.


Vamos combinar que não precisamos fazer esse charminho de cozinha intelectual somente com livros de receitas, qualquer livro é livro e vai ficar bacana de decoração do mesmo jeito. 
E vocês, onde guardam os livros de receitas? Só não me digam que estão jogados  no rack da sala, por favor!

***Vovó nunca teve um livro de receitas, taí uma coisa que ela fez questão de não aprender.Apesar de tudo, ela não foi uma Amélia de verdade.


Imagens: Better Homes anda Gardens,
Estou com um problema sério com o We heart It, site onde guardo as referências das minhas fotos, a página não carrega de jeito nenhum, por isso, fico devendo as outras fontes das imagens, sorry!

Read more...

Guest Post - Jane Murback

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

 Ela é uma das minha "ídalas" e eu amo essa moça de graça. É disseminadora da ração humana (tô aderindo), engenheira da natureza, contadora de capítulos da #noBella e Mulher Impossível. Escreve suas crônicas (oi?) em um dos blogs mais bacanas do meu reader.
Faaaaala Jane Murback


Soluções para espaços pequenos


Não me perguntem o que eu estou fazendo aqui, porque eu mesma não faço a menor idéia. Aninha me chamou, eu fiz um mimimi de dois segundos, e logo aceitei, porque .... né?

Eu sei dizer que o máximo que conheço sobre decoração são os dias da liquidação da TokStok, e também nem sonho de onde Aninha tira imagens inspiradoras tão lindas pra postar aqui, mas também sei que de uma coisa eu entendo: soluções em espaços pequenos.

Na verdade, entender eu não entendo, mas resolvi mostrar umas soluções que adotei no meu apartamento e que eu achei que foram bacanas e úteis.

Ou seja aqui, nA Casa, eu não sou do departamento de Criação, sou do departamento de Soluções, que tal?

Então vamos lá.

Primeiro quero falar da solução encontrada para o toalheiro do banheiro.

Quando ele foi instalado, certamente a última coisa que pensei era na sua real função: pendurar toalhas secas e belas AND toalhas molhadas e usadas. Não, quer dizer, na verdade dá pra pendurar, mas só cabe uma toalha dobrada, o que já inviabiliza a praticidade da coisa. Talvez esse tipo de pendurador sirva para hotéis, ou para o caso de toalhas zero bala, sequinhas, usadas pela primeira vez. 

 
Toalheiro original


 
Só cabe uma toalha (dobrada)

  Então comprei na Tok Stok (sou sócia, oi?) esses ganchos, bem bonitos, cromadinhos e tals e pendurei no pedurador. Neles é possível colocar tanto toalha molhada, em dias que não dá pra colocar no varal, quanto toalhas secas, sendo que em ambos os casos elas ficam ventiladas, não precisam ficar dobradas e cabem várias. Ou seja, eu achei os ganchos bem mais realista! Recomendo.

 
Ganchos (ainda cabem mais)

  

  
 Detalhe da toalha pendurada e ainda com muito espaço 

A segunda solução foi um fazer um criado em um espaço mísero de 25 cm entre a cama e a parede. Detalhe: o criado não poderia interferir na colcha da cama, ou seja, tinha que ser suspenso.



E por causa do pequeno espaço, optei por uma cantoneira de vidro, presa na parede por um fixador bem clean, apenas para servir de apoio para um livro e um abajour (e um despertador, que tirei da foto porque achei pobreza demais pra nossa cabeça). A minha cantoneira tem 2 andares, mas acho que apenas uma prateleira, numa altura adequada, ficaria ótimo também.

 Ponto de fixação na parede

Vista da cantoneira/criado, num espacinho entre a parede e a cabeceira

Então é isso. Espero que vocês tenham gostado e que a moça dona dA Casa tenha aprovado e se divertido! 


Read more...

A Casa recomenda

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP