Dúvida da Leitora e 5 tipos de criados-mudos.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Oi Ana,
Simplesmente adoro o seu blog! Ai pensei por que não perguntar para quem sempre está "antenada" com decoração??
Eis o problema: Acabo de me mudar para o meu apartamento novo e compramos um cama box queen. Só que o bendito do colchão e desses mega com 36 cm. Resultado cama super alta... e eu não tenho absolutamente idéia alguma de como colocar um criado-mudo nesse caso, já que tenho espaço limitado dos lados 50 cm de um e 30 cm do outro. Você tem alguma idéia???!
Beijos
Bianca

Olha gente, eu gosto mesmo de receber esses emails, fico toda orgulhosa, mas assim... não sou profissional ta? Não sou decoradora, arquiteta, paisagista, nem muito menos vivo antenada, viu Bianca? Hahaha. Eu SOMENTE tenho um blog daquilo que gosto e fica fácil falar no dia a dia sobre essas coisas, mas é tudo baseado no "pitaco" amador mesmo, pelamor! 

Mas já que a Bianca perguntou se tenho alguma idéia, tenho sim.


O mais coerente no seu caso é  dispensar o criado-mudo, já que o espaço é pequeno, e colocar duas luminárias-pendentes, como na foto (mas não, tipo as da foto, são exageradas. Só pra exemplificar ok?), você irá ganhar espaço, não deixando o quarto super apertado. Os outros itens que iriam para as mesinhas, você poderá colocar em um outro móvel, numa cômoda, talvez.



Outra possibilidade é correr em uma marcenaria e mandar fazer, sob medida as suas mesinhas. Mas, de qualquer forma, tem que ser algo simples neah? Como já serão mais altas que o habitual (por conta do modelo da sua cama), se exagerar no móvel, ficará feio. Melhor optar por  mesinhas discretas.



Mas se você for uma pessoa cute-cute e tiver um marido que não ache pisca-pisca de natal coisa de boiola (aff,  tem homem que é assim), que tal colocar na parede onde fica o espelho da cama para iluminar o quarto? Livros, relógios, controles, podem ficar em uma mesa retangular comprida (quase do mesmo tamanho da cama) em um dos lados que você têm disponível como citou no email.
Ai, gostei disso.






Agora toques básicos pra geral (oi? sou malandra, falo "pra geral")...

Nada de colocar uma parafernalha na mesinha, menos é mais.Algumas coisas são prioridades, como um abajur e um relógio, sempre. Depois escolha um ou dois itens secundários e ponto final. Ah, livros, sempre meu povo, porque a gente não pode viver só de blog viu?

E pra quem tem espaço nas laterias do melhor lugar do mundo (sua cama, não é mesmo?), fica aqui algumas inspirações para todos os gostos e estilos:



Básico

Romântico




Clássico


Cottage



















Exótico















Tem dúvidas também e quer pitacos da minha cabeça doida? Manda email ou vai no formspring.me e pede  com carinho, me jurando amor etreno, que a gente faz a sua postagem.

Imagens: Better Homes and Gardens


***Vovó sabe bem o que fica em cima de seu criado-mudo.Pediu pra abafar o caso!

20 comentários:

Ana Carla 27 de janeiro de 2010 15:11  

Ana
Otimas ideias!
Seu toque de não amontoar foi 10, poluição visual em quarto nao é legal né?
bjos

Ozenilda Amorim 27 de janeiro de 2010 15:23  

Oi Ana,
Lendo o seu post foi que me dei conta da sorte que tive com meus criados. Tenho uma cama queen e os criados foram feitos sob medida, antes de comprar a cama, mas ficam exatamente da mesma altura do colchão. Acho que o marceneiro entendia o que tava fazendo.
Gostei muito das suas dicas, mas aquele quarto que você gostou, com luzinhas, me pareceu decoração de boléia de caminhão, ainda mais que é vermelho. Tem que ter muita personalidade para bancar algo assim.
;)

Telma Maciel 27 de janeiro de 2010 16:19  

Ah, Ana! A gente gosta de pedir opinião pra quem tem bom gosto! E isso vc tem, com certeza.
Se euzinha for pedir ajuda, vc sai correndo... PRECISO organizar os brinquedos da Sofia. Mas vou fazer o seguinte... já vi algumas coisas aqui q me deram idéias e vou colocar em prática. Depois te mando o resultado! rs

Mari,  27 de janeiro de 2010 16:35  

Adorei o criado do cottage. Quero duas mesinhas dessa pra mim!
Alguém conhece algum lugar que tenha parecido?

Beijos e adoro seu blog!

Shilola 27 de janeiro de 2010 16:37  

Oi gateeenha...
Sabe que eu tenho esse probleminha tb... Da cama muito alta... Inclusive dou um pulinho que sentar... (Abapha)
Mas a minha solução tosca foi de chamar o marceneiro! Inventamos um painel e nele o criado embutido. Não tem pezinho. Fizemos apenas uma gavetinha de cada lado com uma "prateleirinha" logo acima.
Até que ficou bacana, viu! ;)
Bjocas,
Carol

Luciana Casado 27 de janeiro de 2010 16:47  

Bem legais as ideias, Aninha!! Eu gosto de criados mudos altos, acho um amor!!

Flavia Bernardo 27 de janeiro de 2010 17:21  

Adorei Aninha!

Tava pensando como o criado mudo de uma pessoa diz muito sobre ela ou sobre a fase que esta vive né?

Há uns tempos atrás no meu criado mudo tinha livro, celular, despertador, cartela da pílula (pra não esquecer de tomar).
Até que depois mudou, qdo comecei as tentativas de engravidar e até mediçao da temperatura basal eu fazia. No lugar da cartela de pílula eu coloquei um termometro...akakkakaka...
Engravidei e meus livros de romance espírita deram lugar a livros sobre parto, maternidade, livro do bebê.
Depois que Arthur nasceu na minha mesinha sempre tinha lansinoh, concha para amamentação, garrafinha de água e relógio para controlar os horários das mamadas.
Hoje eu tenho sobre ela: um celular (pra controlar os horários que Arthur acorda de madrugada), o receptor da babá eletrônica e eventualmente um brinquedinho dele perdido por lá!

Adorei o post! Beijos!
Flavia

Lidiane Vasconcelos 27 de janeiro de 2010 17:22  

Aqui em casa meu espaço para mesinhas de cabeceira é bem pequeno. Sabendo do pouco espaço que teria, mesmo no AP alugado, descartamos a possibilidade de cama maior que o convencional. Dito e feito: se a gente tivesse comprado algo maior, acho que nem entrar no quarto da minha casinha de boneca teria entrado... kkkk...

Enfim, por conta do pouco espaço, nossa cabeceira foi sob medida, encomendada ao marceneiro. São dois painéis de MDF de cor clara que descem do teto até o chão de um lado e do outro da cama, que fica encaixada entre eles. Dos painéis saem as mesinhas, com tampo de vidro leitoso. Falta agora colocar o papel de parede entre os painéis, mas isso vai esperar um pouco. Só depois do papel de parede é que posso dizer que concluí minha cabeceira, não é?

Mas é fogo! Quem tem pouco espaço tem mesmo é que se virar nos 30 para fazer caber tudo, sem amontoar de coisa.

Letícia 27 de janeiro de 2010 17:52  

Ai Aninha!! Meu namorido acha que luzinha é coisa de boila e eu sou cute-cute! O que fazer?! (faço escondido e aguento abronca! hauhauhauauh!!!)

Adorei as sugestões!!

Bjux!

c r i s 27 de janeiro de 2010 18:49  

Oi Ana, vez ou outra passo por aqui, adorei seu blog, tanto que já tá lá na minha listinha para eu acompanhar de pertinho...
Ficou difícil até de decidir o estilo, td muito lindo! Bjo!

by Faby 27 de janeiro de 2010 21:46  

Oi Ana, te vi como nova seguidora no meu blog e vim xeretar o seu. Adorei o texto do seu perfil... herdei um pouquinho de arte das minhas avós também, mas diferente da sua vovó fofa, as minhas botavam pra quebrar e não deixavam barato (rs)!
Adorei seu blog, adoro decoração... busco sempre referências deste tipo para meus trabalhos. Não consigo parar quieta... e logo logo tem reforma aqui em casa (rs)!
Um beijo grande
Faby

Tania Forti 27 de janeiro de 2010 22:13  

Ana, vc sempre tem muitas idéias lindas. Passei pra te avisar que tem selinho pra vc no meu blog. Vai lá!
Bjo

cristina 27 de janeiro de 2010 22:26  

Oi Ana,
Quantas possibilidades!Adorei!
Beijocas,
Cris João
(www.recomadres.blogspot.com)

Marina Domingos 27 de janeiro de 2010 22:48  

To te esperando no meu blog, tá?
Quem sabe nao ganho uma seguidora?
bem lembrados.blogspot.com
bjs;
Marina

Rachel Rocha 27 de janeiro de 2010 23:47  

OI querida,
vim conhecer o blog.
A-do-rei!!!
Aguardo a postagem.
Bjin!

Vgg,  28 de janeiro de 2010 11:20  

Olá, primeira vez que deixo comentário aqui, mas já leio o blog há bastante tempo.
Eu tive o mesmíssimo problema com criado-mudo. Depois de bater perna pelas lojas descrobi que várias já se tocaram que as camas box estão mais altas e tem disponível criados mais altos também. Acabei comprando na Tok Stok, dá uma olhada no site...
Abraços

Raquel Gomes 28 de janeiro de 2010 11:32  

Aninha, "mó bem".
Criado-mudo é mesmo uma coisa muito pessoal.
Marido tem um porta retratos com uma foto nossa (tá bom, fui eu que coloquei lá), uma garrafinha de água e só. Por isso, a mesa lateral dele é formada por 2 caixas em mdf onde eu guardo coisas minhas (sou espertinha, né?).
Já no meu, que tem gaveta, tem um monte de tranqueira dentro e fora. Aff, como pode? Tem 3 hidratantes diferentes, rádio-relógio, uma esculturinha de metal onde penduro pulseiras e colares, um encarte de jornal aqui, uma revista ali, e 5 mil pares de brincos espalhados. Não consigo organizar aquela porcaria!
Hehehe
Mas eu não perco nada, e é o que importa!
Beijocas

annah.segatta 28 de janeiro de 2010 12:04  

o criado mudo pode ser substituido por mesa lateral redondinha, alta, tipo gueridon mesmo, né. um marceneiro pode fazer sob medida, e outra opção bacana e mais moderninha é fazer em acrilico, em uma empresa especializada. mesmo alta, fica leve, dá um efeito bacana.
ah! uma banqueta alta de madeira no lado que tem menos espaço, pode criar um apoio charmoso! os 2 criados não precisam ser identicos, e dá pra fazer uma brincadeira bem legal, mesmo nos quartos mais tradicionais. ;]

Anônimo,  28 de janeiro de 2010 14:13  

Oi Ana,
Muito obrigada pelas dicas. Adorei o post!
Vou estudar minhas opções e assim que colocar em prática mando o resultado!

Uma beijoca
Bianca

Postar um comentário

A Casa recomenda

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP